Notícia

UNITEL GO TALKS Aborda AgroNegócio e a Inovação

O “AgroNegócio e a Inovação”, foi o tema da última edição do Unitel Go Talks, realizado no dia 9 de Junho e que teve Wanderley Ribeiro, Presidente da Associação Agro-Pecuária de Angola- AAPA e Márcio Castro, Empreendedor como convidados.

 

Durante a conversa moderada pelo Coach Marco Victor, os Gestores partilharam a sua visão e experiência como empreendedores no referido sector.

 

Em Angola, 90% das terras exploradas é feito pela agricultura familiar, cuja a média de idade é de 60, 70 anos.

Segundo os convidados, nos últimos 4 anos, falou-se muito sobre o Agronegócio, o que ajudou a estimular o investimento neste sector e o desenvolvimento em determinadas áreas.

 

Para Wanderley, o conhecimento é um elemento indispensável no sector da agricultura pois é um sector que deve ser tratado como ciência.

É necessário ter equipas devidamente capacitadas e isso é algo que leva 10 a 15 anos. Respeitamos muito a agricultura familiar e os métodos tradicionais, mas é preciso atacar a base e perceber que hoje a agricultura é muito cara para ser tratada sem ciência”, disse.

 

A agricultura é um sector que precisa desbravado. A inovação trás tecnologia, conhecimento, ciência para facilitar o processo agrícola desde o início até chegar à mesa do consumidor.

 

Entretanto, “é necessário esclarecer que inovação é como tu fazes as coisas de maneira diferente e que nem sempre está ligada a tecnologia”, enfatizou Marco Victor.

 

Sobre desenvolvimento, para os empreendedores, o sector privado tem tentado encontrar oportunidades para fazer a sua parte, há ainda alguma resistência da banca, mas é porque são instituições que fazem gestão de riscos.

“Se não conseguirmos apresentar resultados consistentes e dar garantias de que estamos a fazer agricultura com ciência, a banca vai ter sempre alguma reserva”, referiram.

Ao analisar o mercado em Angola e a participação dos jovens na agricultura, foram unânimes em defender a necessidade de aumentar a participação destes no ramo, com políticas atraentes sendo que os mesmos devem usar a sua energia e criatividade para levar a inovação e o desenvolvimento para os campos.

“Há um paradigma que deve ser analisado, se as gerações jovens não viram os seus pais mudarem de vida com a agricultura, ele vai entender que deve ir à cidade para ser bem-sucedido”, Wanderley Ribeiro.

Questionados sobre a viabilidade de crescimento dos jovens na agricultura, Márcio Castro defendeu “é necessário ter o contexto real do projecto para tornar o projecto viável e sustentável”.

O Agronegócio é um ramo que integra várias actividade económicas desde a fabricação, fornecimento de insumos, produção, processamento, transformação, comercialização entre outros.

Assiste o vídeo completo desta edição do UNITEL Go Talks no facebook do Go Talks ou Youtube da UNITEL.

 

A UNITEL é o Futuro!