Notícia

UNITEL assina memorando com Ministério da Educação para arranque do Ensino Virtual

A UNITEL e o Ministério da Educação assinaram na última sexta-feira, dia 22 de Julho, em Luanda, um memorando de entendimento para a melhoria da qualidade de ensino, aprendizagem e promoção da inclusão digital no sistema de ensino.

O Memorando que visa a aplicação do ensino virtual, numa primeira fase, para professores e alunos das escolas das províncias do Huambo e Bié, foi assinado pelo Presidente da Comissão Executiva da UNITEL, Miguel Geraldes e pelo Director Nacional do Ensino Secundário, Orlando Lundoloque.

Miguel Geraldes, enfatizou no seu discurso que é intenção da UNITEL que a Escola Virtual traga experiências ricas.

“O ritmo acelerado das inovações tecnológicas exige que a educação também se renove, tornando o ensino mais criativo, estimulando o interesse pela aprendizagem e colocando as escolas numa plataforma de resposta aos desafios educacionais e necessários à formação das gerações futuras.

 

A intenção da UNITEL é que ela proporcione experiências ricas com recurso ao uso das tecnologias educacionais e que por via disso os alunos estejam aptos para o mercado de trabalho”, acrescentou.

 

Na ocasião, Luísa Grilo, então Ministra da Educação disse que as tecnologias são fundamentais para a educação, pois não há educação sem o uso das Tecnologias de Informação e Comunicação.

“A pandemia da COVID-19, veio mostrar que o sistema educativo precisa ser resiliente e de uma verdadeira revolução, para que as tecnologias se acomodem nela”.

 

A Escola Virtual denominada “Eunice de Carvalho”, em homenagem a Directora Geral Adjunta Para os Assuntos Corporativos da UNITEL, falecida em Novembro de 2020, arranca já no próximo ano lectivo.

Para a sua operacionalização, a Huawei Angola vai fornecer os equipamentos e soluções tecnológicas como computadores e projectores, enquanto a UNITEL o acesso à Internet a e conectividade nas escolas, estimulando o hábito de pesquisa e aprendizagem.

 

A UNITEL é o Futuro!