Notícia

UNITEL apoia projecto de requalificação “Nossa Ginga”

A UNITEL, na qualidade de patrocinador, marcou presença na conferência de imprensa do projecto de reabilitação urbana “Nossa Ginga” que teve lugar no dia 28 de Abril.

 

Trata-se de uma iniciativa de regeneração, intervenção e activação social e urbana da Rua Rainha Ginga em Luanda, que tem como objectivo principal a recuperação histórica e cultural, o desenvolvimento sócio ambiental colaborativo e o crescimento económico autossustentável para a melhoria da qualidade de vida da comunidade local.

 

Apresentado pelo Digital Influencer Danilo Castro, o evento transformou-se num espaço de conversa com a “DO LADO B” enquanto mentora do projecto e parceiros, perante a assistência composta por figuras como a Governadora Provincial de Luanda, Ana Paula de Carvalho, Administradores Municipais, Jornalistas, Músicos e populares.

 

Na ocasião o Director de Marketing da UNITEL, Teodoro Fernandes, revelou que a empresa aposta naquilo que acredita.

 

Participamos em tudo o que acreditamos, sendo que a nossa presença aqui é uma continuidade dos nossos projectos de Responsabilidade Corporativa, vai ser interessante podermos fazer alguma coisa aqui”.

 

O evento culminou em grande com Yuri da Cunha, um músico que transporta na sua veia e alma a grandeza da gente da banda.

 

A Rua Rainha Ginga que já foi conhecida como Rua Salvador Correia e Avenida dos Restauradores, é a principal artéria social, económica e cultural da Cidade de Luanda. A sua importância histórica e social, em conjunto com o seu actual estado de degradação, abrem uma janela de oportunidades para pesquisas profundas com o propósito de resolver e buscar soluções para a comunidade geral.

 

Pelo seu perfil e impacto sociocultural, a Nossa Ginga conta com o apoio do Gabinete da 1ª Dama da República e de outras instituições como Comissão Administrativa de Luanda, Administração do Distrito Urbano da Ingombota, Instituto Analítico de Pesquisa e Estratégia Económica, União Nacional de Artistas Plásticos, Centro Cultural Brasil Angola e Museu Nacional da Antropologia.

 

Desde que entrou para o mercado em 2001, a UNITEL assume-se como uma marca impulsionadora da cultura nacional. Uma marca que se dispõe desde o início a proporcionar alegrias, a confrontar a beleza e a identidade do povo angolano.

 

A UNITEL é o Futuro!