Notícia

Os desafios da Mulher no mundo das Telecomunicações foi tema do webinar promovido pela UNITEL

Em alusão ao dia Internacional da Igualdade Feminina, celebrado a 26 de Agosto, a UNITEL realizou no dia 31 de Agosto, um webinar sob o tema “Os desafios da Mulher no mundo das Telecomunicações”.

A iniciativa realizada online via plataforma Microsoft Teams, teve como oradoras Nilza Gomes, Gestora Sénior da Direcção de Core e Serviços, Ellis Cruz, Gestora da Direcção de Operação e Supervisão, e Marina António, Técnica da Direcção de Sistemas de Informação.

Na agenda constaram os seguintes pontos: os desafios e oportunidades das mulheres na engenharia, o apoio e incentivo dos familiares na escolha da profissão, a evolução na carreira e o apoio da UNITEL no crescente número de mulheres no sector.

Quando a mulher é empoderada com educação, saúde e economicamente, não é só bom para ela, mas também para a sua família e para a sociedade”, foi com uma citação da saudosa Dr.ª Eunice de Carvalho, que a moderadora Jurene Calunda, Técnica de Inovação da Direcção de Planeamento Estratégico, deu as boas-vindas aos convidados virtuais.

Para a Gestora Ellis Cruz, o papel do educador e da família são fundamentais para a inserção de um indivíduo na sociedade.

“O incentivo aos estudos e a liberdade de escolha sempre estiveram na base da educação passada pelos meus pais, desde muito nova que tive a escolha de decidir e seguir a minha vocação”, disse.

É uma profissão que requer predisposição, dedicação, disponibilidade uma vez que temos que trabalhar muitas vezes em horários nocturnos e quando somos esposas e mães precisamos do apoio da família”, reiterou por seu lado Nilza Gomes.  

Na UNITEL 37% dos Colaboradores são mulheres, 40% dos quais estão no quadro de gestão da empresa. Ao debruçar-se sobre a estatística interna, a moderadora questionou as oradoras sobre as dificuldades vividas para a ascensão de carreira.

“A UNITEL é uma empresa que estimula diariamente os seus Colaboradores com inúmeros desafios. Temos que aceitar estar no palco, demonstrar disponibilidade para aprender e fazer melhor”, frisou Marina António.

“Não devemos nós colocar em caixas, nem desvalorizar o trabalho de outrem, temos a obrigação de estar unidas em prol do crescimento das mulheres na área”, afirmou Nilza Gomes.

Ao falar do incentivo da UNITEL na promoção da igualdade de género nas Tecnologias de Informação e Comunicação, Marina António, destacou a importância de ter beneficiado de uma bolsa de estudos do programa da UNITEL Mulheres para o Futuro, e ter participado no Seeds For The Future e no Top Students.

“Eu sou fruto do apoio prestado pela UNITEL às jovens mulheres, desde que a semente foi regada com as participações nos programas de responsabilidade corporativa continuo a atingir novos desafios e agora a contribuir para o crescimento da empresa”, revelou Marina António.

O ponto alto do evento foi protagonizado pela moderadora que deixou o desafio à assistência virtual composta por 75 Colaboradores e às oradoras, de darem continuidade ao legado deixado pela Dr.ª Eunice de Carvalho, falecida em Novembro de 2020.

Um legado que impulsionou o desenvolvimento da educação em Angola, com a criação de programas importantes como o “Mulheres para o Futuro”.

Quando digo que queremos criar mulheres para o futuro, é porque nós queremos criar mulheres completas, que usam a sua inteligência e talento não só para o seu bem-estar, mas também para as comunidades”, – Eunice de Carvalho in memória.

Para a UNITEL a igualdade começa nas oportunidades que se cria e se proporciona para todos, sendo a luta das mulheres algo histórico, representativo e de grande contributo para o mundo moderno.

A Unitel é o Futuro!